StudyFree ajuda estudantes brasileiros a terem acesso à educação no exterior

Destaque no mercado de consultorias tradicionais de admissão em faculdades, por seu método moderno e digital, startup inicia operação no Brasil

A StudyFree, uma Edtech Startup com sede nos Estados Unidos, está expandindo suas operações para o Brasil, com a missão de ajudar estudantes brasileiros a realizarem seus sonhos de terem uma educação de qualidade no exterior. A empresa opera por meio de uma plataforma online que permite aos candidatos terem acesso a mais de 15.000 programas, que vão desde cursos de graduação a doutorados e MBA com bolsas de estudo disponíveis em todo o mundo. 

Os serviços da plataforma aumentam as chances dos estudantes conseguirem uma bolsa de estudos e serem admitidos em universidades no exterior, pois as atividades incluem desde avaliação das chances de admissão dos usuários à escolha do programa mais relevante, de acordo com o desempenho acadêmico do aluno.

A plataforma também oferece amplo acesso a materiais de preparação para exames, assim como referências de documentos, conexão com uma comunidade de mentores e guias com passo a passo para o ingresso nas universidades.

Vencedora do Seedstar Global, a StudyFree está focada nos mercados em desenvolvimento e, dessa forma, o Brasil, que apresenta grande potencial, é um mercado estratégico para os planos de crescimento e consolidação internacional da empresa. A startup americana nomeou recentemente a executiva Christianne Canavero, com passagem por grandes empresas multinacionais, para liderar o projeto de expansão no mercado brasileiro.

Estamos super felizes em poder ajudar os estudantes brasileiros a terem acesso à educação internacional de qualidade. Eles poderão voltar ao Brasil com conhecimentos de ponta e visão global para aplicação em sua carreira profissional e ajudar no desenvolvimento do país”, afirma a fundadora Dasha Kroshkina. 

Sobre a empresa:

StudyFree é uma startup internacional de Edtech fundada em 2018 por Dasha Kroshkin. Com mais de 32.000 usuários ativos em mercados como Rússia, Ucrânia, África, Brasil e Ásia, a startup tem como objetivo ajudar os alunos a estudarem no exterior gratuitamente por meio de bolsas de estudo. A taxa de admissão dos alunos é de 98%. A startup é vencedora da Competição Mundial Seedstars e a sua fundadora, Dasha Kroshkina, se tornou a primeira mulher vencedora do CIS.

https://www.instagram.com/studyfree_brasil/

https://international.studyfree.org/brazil

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar