Sistema OCB/TO lança Cooperar Pela Vida com arrecadação de absorventes para o Outubro Rosa

Nestes meses dedicados à saúde da mulher e do homem, outubro e novembro, o Sistema OCB/TO lança o Cooperar Pela Vida com duas campanhas para exercitar a cooperação e o voluntariado, além de mostrar para a sociedade que as cooperativas são muito mais que empresas, são formas de desenvolver a comunidade tocantinense social e economicamente.

As meninas precisam de nós

Neste ano a UNICEF revelou que mais de 4 milhões de meninas não possuem acesso a itens de cuidado menstrual no Brasil, deixando de realizar atividades fundamentais para o desenvolvimento, como frequentar a escola e praticar atividades físicas e, utilizando ainda meios inseguros para conter o fluxo, como jornais ou roupas velhas.

Como metade da população mundial é feminina, o desenvolvimento dessas meninas é fundamental para o nosso desenvolvimento como sociedade, por isso o Sistema OCB Tocantins lança uma campanha de arrecadação de absorventes, que poderão ser entregues nas cooperativas e que serão posteriormente distribuídos nos municípios nos quais a doação foi realizada. 

Vamos nos doar

Outra iniciativa incentivada é a doação de sangue para a Hemorrede Tocantins. A necessidade de voluntários para doação de sangue é constante e convidamos todos a Cooperar Pela Vida fazendo esse gesto de solidariedade.

Contamos todos

A campanha permanente do cooperativismo no Tocantins voltou diferente, mas o objetivo segue o mesmo: Cooperar Pela Vida. A equipe do Sistema OCB Tocantins está à disposição para apoiar quaisquer iniciativas das cooperativas relativas às campanhas. Juntos somos mais fortes, somos o cooperativismo no Estado do Tocantins.

XIII Encontro de Mulheres Cooperativistas do Tocantins

O lançamento oficial da campanha Cooperar pela Vida aconteceu na manhã desta sexta-feira, 01, durante o XIII Encontro de Mulheres Cooperativistas do Tocantins, realizado no auditório da Coapa, em Pedro Afonso. O evento, que marcou o início da doação de absorventes, reuniu cerca de 50 mulheres cooperativistas e contou com palestras do pedagogo Ney Guimarães e da psicóloga Silvana Galante.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar