Agricultura e Embrapa capacitam extensionistas para uso da plataforma digital Geomatopiba

A Secretaria da Agricultura, Pecuária e Aquicultura (Seagro), juntamente com a Embrapa Territorial, inicia curso de capacitação dos extensionistas rurais para uso da plataforma digital Geomatopiba visando o planejamento e execução de ações do agronegócio, no qual compõe os quatro estados, Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia. O curso ocorre em duas etapas (13 e 14 de outubro) para as turmas A e B, posteriormente nos dias (20 e 21 de outubro) para as turmas C e D. O curso acontece virtualmente no Google meet.
O curso é direcionado aos técnicos de Assistência Técnica de Extensão Rural (ATER) do Instituto de Desenvolvimento Rural do Tocantins (Ruraltins). Essa é a primeira capacitação de um Acordo de cooperação técnica, entre o Governo do Estado, por meio da Seagro e Embrapa Territorial  firmado por 5 anos. O qual tem como objetivo fortalecer a assistência técnica e extensão rural do Tocantins referente à plataforma de Inteligência Territorial Estratégica para a região do Matopiba. O Curso sobre GeoMatopiba de acordo com a gerente de Agricultura da Seagro, Eliane Lagares, o curso é essencial para os extensionistas do Estado, pois irá contribuir para o uso da plataforma GeoMatopiba, onde reúne dados e informações, em base territorial, capazes de apoiar a execução dos trabalhos realizados pela Seagro e pelo Instituto de Desenvolvimento Rural do Estado do Tocantins (Ruraltins). “É uma plataforma de suma importância que reúne um amplo conjunto de informações espaciais sobre o território do Matopiba”, ressaltou.
A ferramenta digital está disponível no site da Secretaria da Agricultura: seagro.to.gov.br, de forma interativa e integrada com mapas e dados sobre o Matopiba e essas informações são muitos importantes para os projetos e ações da Secretaria da Agricultura.
A nova ferramenta traz como principal diferencial painéis interativos de navegação guiada sobre temas relevantes ao desenvolvimento da região, incluindo produção agropecuária, crédito rural, empregos formais e tecnologias da Embrapa.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar