Em Araguaína, Polícia Civil prende homem suspeito de descumprir medida protetiva de urgência

Na tarde da última quarta-feira, dia 13, policiais civis da 3ª Delegacia de Atendimento à Mulher (3ª DEAM), de Araguaína, coordenados pelas delegadas da unidade, Ana Maria Varjal e Sarah Lilian, efetuaram a prisão de um homem de 42 anos. Ele é suspeito de descumprir medida protetiva de urgência e foi capturado, mediante cumprimento a mandado de prisão preventiva, expedido pela Vara de Combate a Violência Doméstica.

De acordo com as autoridades policiais, a vítima, ex-companheira do investigado, havia noticiado que o autor teria descumprido a medida protetiva em vigor em pelo menos cinco oportunidades, sendo decretado a prisão preventiva dele pelo judiciário.

De posse da ordem judicial, os policiais civis da 3ª DEAM efetuaram diligências e conseguiram localizar o homem, no setor Araguaína Sul. Após ser preso, o investigado foi conduzido até a Central de Atendimento da Polícia Civil, e após a realização dos procedimentos legais cabíveis, recolhido à Unidade Penal de Araguaína, onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário.

Ao comentar sobre o fato, as delegadas afirmaram que a prisão de hoje reitera o compromisso da Polícia Civil do Tocantins em combater a prática de violência doméstica e familiar contra a mulher. “Estamos atentos e vigilantes no sentido de identificar situações onde a mulher esteja sendo vítima de alguma forma de violência doméstica. Nesse sentido, é importante que as mulheres adotem procedimentos de segurança a fim de resguardar a própria integridade física e denunciem as transgressões como a quebra de medidas protetivas para que a PC-TO possa adotar as medidas que se fizerem necessárias”.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar