Seletiva define judocas Sub-18 que representarão o Tocantins na etapa nacional da Gymnasíade 2022

A Federação de Judô do Estado do Tocantins (Fejet), em parceria com a Federação Tocantinense de Desporto Escolar (FTDE), organizou, nesta quarta-feira, 15, a Seletiva Estadual do Gymnasíade 2022. Realizada em Palmas, a competição envolveu judocas tocantinenses da classe Sub-18 e determinou a equipe que irá representar o Estado na etapa nacional do evento multiesportivo escolar, previsto para ocorrer entre os dias 7 e 26 de março, em Aracajú, capital de Sergipe.

Após a Seletiva, foram definidos como representantes do Tocantins no Gymnasíade as atletas Ana Lyvia Alves Dionizio de Santana [peso meio-leve; -48 kg]; Maria Eduarda Borges da Silva Ramos [leve; -52 kg]; Maria Vitoria Colins da Silva [meio-médio; -57 kg]; e Eva Jheovanna Morais Barros Soares [pesado; +70 kg]; além dos atletas Mathews Phellyppe Mendonça e Lima [peso meio-leve; -60 kg]; Raimundo Araújo de Moura [Leve; -66kg]; e Filipe dos Santos Araujo [meio-médio; -73kg].

Conforme previsto no regulamento da seletiva estadual, só puderam disputar as vagas judocas nascidos nos anos de 2004, 2005 ou 2006 e que fossem, no mínimo, Yonkyu; ou seja, graduados na faixa laranja. As lutas aconteceram na sede do Dojô Judô Nipo, na Quadra 301 Norte, Avenida Teotônio Segurado, Lote 4,em Palmas.

Balanço positivo

De acordo com o presidente em exercício da Fejet, o Kodansha de 6º Dan Celso Galdino de Araújo, apesar das limitações impostas pela pandemia, o ano de 2021 rendeu positivas experiências que ajudarão na elaboração do calendário 2022 da entidade, que pode, inclusive, envolver a participação de tocantinenses em uma competição internacional.

“Dentro das possibilidades, nós tivemos um 2021 excelente; realizamos duas etapas-teste do Tocantinense com louvor, algumas seletivas e o Exame de Graduação Superior, promovendo 27 judocas, um recorde até então. E toda esta experiência tem nos sido base para pensar 2022, que terá início para a Fejet já na segunda quinzena de janeiro, com o Shotyugueiko, evento que envolve uma semana de treinamentos intensivos nos três turnos. Será um novo ano com cursos e competições dentro e fora do Estado, talvez até fora do País também, isto caso nossos atletas se classifiquem para a etapa mundial do Gymnasíade, na França”, conta, em torcida, o Sensei Celso.

Gymnasíade Mundial

A etapa nacional da Gymnasíade é organizada pela Confederação Brasileira do Desporto Escolar (CBDE) e vale vaga para o Gymnasíade Mundial, uma realização da Federação Internacional do Desporto Escolar (ISF). Na edição 2022, as disputas internacionais estão previstas para ocorrer na cidade de Normandia, na França, entre os dias 14 e 22 de maio do próximo ano. [Texto e Fotos: Fejet]

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar