Governo do Tocantins prorroga parcelas de linhas de crédito para empresas dos municípios atingidos pelas enchentes

Preocupado com a situação dos empreendedores afetados pelas enchentes, o governador em exercício do Estado do Tocantins, Wanderlei Barbosa, determinou que a Agência de Fomento (Fomento) prorrogue o prazo para pagamento das parcelas de linhas de crédito para empreendedores que já tenham contrato com o órgão e que pertençam aos municípios atingidos pelas cheias fluviais.

Até o momento, 31 municípios são monitorados pela Defesa Civil Estadual: Araguanã, Axixá do Tocantins, Barra do Ouro, Bom Jesus do Tocantins, Brejinho de Nazaré, Carrasco Bonito, Dois Irmãos, Esperantina, Formoso do Araguaia, Itapiratins, Itaguatins, Ipueiras, Lajeado, Maurilândia, Miracema do Tocantins, Miranorte,  Rio dos Bois, Paranã, Pium, Praia Norte, Palmeirante, Pedro Afonso, Peixe, Tocantínia, Tocantinópolis, Tupirama; Tupiratins, Santa Rita do Tocantins, São Sebastião do Tocantins, São Miguel do Tocantins e Sampaio.

Para o governador Wanderlei Barbosa toda a ajuda possível é bem-vinda. “A situação é crítica. Além da pandemia dificultar aos empresários, as enchentes pioraram a economia de algumas cidades. Temos que pensar em como eles vão sobreviver com seu negócio. Então, vamos facilitar a eles neste quesito da Fomento com negociações e prorrogações de parcelas”, disse o Chefe do Executivo.

Segundo a presidente da Fomento, Denise Rocha, são aproximadamente 300 clientes dentro destas cidades. “Os clientes adimplentes podem ter as parcelas de janeiro, fevereiro e março remanejadas para o final do contrato livre de juros, ficando com três meses de fôlego financeiro para se restabelecerem”, explicou a presidente, colocando a Agência de Fomento à disposição dos empresários que queiram contratar linhas de crédito.

Para os inadimplentes, são duas opções. “O cliente poderá negociar tudo, com três meses de carência em até 60 meses sem entrada, ou prorrogar as parcelas de janeiro, fevereiro e março”, pontuou a gestora.

Os interessados devem enviar uma solicitação de adiamento ou negociação à Fomento via WhatsApp (63) 3220-9802 ou pelos telefones (63) 3220-9804 e (63) 3220-9800.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar