Idoso suspeito de praticar estupro de vulnerável é preso pela Polícia Civil durante a operação Resguardo em Novo Jardim

Em ação realizada no âmbito da operação Resguardo, que é uma iniciativa do Ministério da Justiça e Segurança Pública, com apoio do Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos e está sendo realizada pela Polícia Civil do Tocantins (PC-TO).

A ação tem por finalidade combater os crimes praticados contra a mulher, na manhã desta quarta-feira, 9, policiais civis da 10ª Delegacia de Atendimento à Mulher e Vulneráveis (10ª DEAMV), de Dianópolis, efetuaram a prisão de um idoso de 71 anos, que é o principal suspeito de abusar sexualmente de uma adolescente, desde o ano de 2016, quando a vítima tinha apenas 10 anos.

Durante os trabalhos policiais, os agentes da 10ª DEAMV conseguiram localizar o suspeito, que estava em um estabelecimento comercial em Novo Jardim e deram cumprimento ao mandado judicial de prisão preventiva, emitido pela Vara Criminal da Comarca de Dianópolis.

Segundo o Delegado de Polícia, responsável pelo caso, as investigações apontaram que o indivíduo abusava sexualmente da vítima, da qual era padrinho, desde o ano de 2016. “Após tomar conhecimento dos fatos, passamos a investigar toda a situação e conseguimos descobrir que os abusos ocorriam há pelo menos seis anos, sendo que, nesse período, a vítima chegou a ter um filho”, disse o delegado.

Após ser levado para a sede da 14ª Central de Atendimento da Polícia Civil, em Dianópolis, e depois de ser submetido aos procedimentos legais cabíveis, o idoso foi recolhido à Casa de Prisão Provisória de Dianópolis, onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar